CIRCULAÇÃO PROFUNDANÇAS MULHERES EM DIALOGO

Programação gratuita discute mulher, literatura e mercado editorial brasileiro.


Assessoria de Comunicação


Card promocional do projeto Profundanças. De fundo azul e fontes nas cores branco, amarelo e magenta. Anuncia: "Governo da Bahia apresenta: Circulação Profundanças Mulheres em Diálogo 2022. Rodas de conversa; Oficinas. De maio a agosto. Produção: Voo Audiovisual. Apoio Financeiro: Fundação cultural do Estado da Bahia (FUNCEB); Fundo de Cultura; Governo do Estado; Secretaria de Cultura; Secretaria da Fazenda."

"Aos 12 anos, minha patroa rasgou o meu caderno de poemas. Mas continuei escrevendo e publiquei pela primeira vez em Profundanças.” A história de Celeste Barros inspirou a criação do circuito editorial. O projeto vai ganhar site próprio, promover rodas de conversa e oficinas gratuitas.

A programação da Circulação Profundanças - Mulheres em Diálogo celebra os oito anos do circuito editoral Profundanças que, em três antologias elaboradas de forma completamente colaborativa, já publicou poemas de 51 escritoras, em sua maioria nordestinas e inéditas. Assim, entre maio e agosto, serão realizadas rodas de conversa e oficinas gratuitas que terão como foco a participação de escritoras e fotógrafas que atuam na terceira edição do livro.

As ações promovidas pelo circuito buscam mitigar a desigualdade de gênero que ainda caracteriza o campo editorial e literário brasileiro. Uma pesquisa realizada pela professora da Universidade de Brasília, Regina Dalcastagnè, publicada em 2012 no livro “Literatura brasileira contemporânea: um território contestado”, revela que, entre 1990 e 2004, 72% dos romances brasileiros publicados pelas maiores editoras brasileiras tiveram autoria de homens. É por isso que, buscando consolidar e ampliar cada vez mais escritos de mulheres, Profundanças também ganha site próprio, www.profundancas.com, onde é possível que leitoras/es acessem gratuitamente todas as antologias que compõem o projeto, além de poderem navegar por histórias que permeiam as publicações.


Mulher e literatura na programação

Durante os próximos quatro meses, a circulação promoverá oito momentos em que o público poderá compartilhar vivências e dialogar com as autoras e fotógrafas participantes do livro Profundanças 3. A programação de maio já está definida:


Card promocional do projeto Profundanças. De fundo azul e magenta e fontes nas cores branco, amarelo e magenta. Anuncia: "Governo da Bahia apresenta: Circulação Profundanças Mulheres em Diálogo. Roda de conversa: Yasmin Morais (Bahia); Vania Melo (Bahia); Isabelly Moreira (Pernambuco); Maria Ruana (Pernambuco). A data definida é 11/05/22 no canal do Youtube de nome Profundanças. Carga horaria: 02 horas (19h às 21h). Produção: Voo Audiovisual. Apoio Financeiro: Fundação cultural do Estado da Bahia (FUNCEB); Fundo de Cultura; Governo do Estado; Secretaria de Cultura; Secretaria da Fazenda."

A primeira roda de conversa será realizada no dia 11 de maio, às 19h, no canal www.youtube.com/profundancas. Nela, dialogam as escritoras Yasmin Moraes (BA), Vânia Melo (BA), Isabelly Moreira (PE) e a fotógrafa Maria Ruana (PE). O mote do encontro será a resistência de mulheres no campo das artes.


Card promocional do projeto Profundanças. Com as cores de fundo magenta amarelo e fontes nas cores branco, azul e magenta. Anuncia: "Governo da Bahia apresenta: Circulação Profundanças Mulheres em Diálogo. “Pelas veredas da poesia do Pajeú” oficina com Isabelly Moreira, poeta - Sao José do Egito (PE). A data definida é 21/05/22. Carga horaria: 03 horas (14h às 17h) na plataforma Zoom meetings. Produção: Voo Audiovisual. Apoio Financeiro: Fundação cultural do Estado da Bahia (FUNCEB); Fundo de Cultura; Governo do Estado; Secretaria de Cultura; Secretaria da Fazenda."

Já a oficina “Pelas veredas da poesia do Pajeú”, ministrada por Isabelly Moreira, acontece no dia 21 de maio, de 14h às 17h. Nessa atividade o público poderá conhecer a poética de tradição oral secularmente praticada no sertão do Pajeú (Pernambuco), território conhecido como “berço imortal da poesia”. As vagas são limitadas e a inscrição gratuita pode ser realizada no site. Haverá emissão de certificado para quem se inscrever na oficina e na roda de conversa.