top of page

ILHÉUS-BA | R$4,80 É UM GOLPE!

Atualizado: 26 de abr. de 2023

Consulta Popular- Núcleo Revolta no Engenho de Santana


O aumento de R$ 1,00 na tarifa do transporte público em Ilhéus é um verdadeiro golpe no povo ilheense. As empresas São Miguel e Viametro monopolizam o transporte público HÁ MAIS DE 20 ANOS e vem causando diversos prejuízo à vida da população.

Não há ônibus suficientes para o povo, resultando em poucos horários de circulação e superlotação. Os ônibus estão em péssimas condições, todos os dias notícias de ônibus quebrados são veiculadas nas redes sociais. Há poucos pontos de ônibus cobertos na cidade, o povo é obrigado a esperar o ônibus sem lugar para se sentar e sendo exposto ao sol e à chuva.

As empresas superexploram seus trabalhadores. Vigora atualmente o regime do “motocobra” que nada mais é do que uma dupla função imposta ao motorista, a de dirigir e cobrar os passageiros. Isto além de cansar o motorista e fazer render milhares aos bolsos dos empresários, expõe os usuários a acidentes.

A lógica das empresas é baseada no lucro. Quando a mobilidade urbana é projetada somente para satisfazer os interesses privados dos donos da empresa, o povo – que é quem depende do transporte – não só é excluído do debate sobre o assunto, como é obrigado a pagar mais caro para enriquecer os empresários.

As empresas São Miguel e Viametro devem perder as concessões do transporte coletivo de passageiros. Mesmo demitindo grande parte de seus funcionários em 2020, negligenciando a manutenção dos veículos e recebendo R$ 15 milhões de subsídio dos cofres públicos para manter suas atividades no decorrer da pandemia, as empresas não conseguiram suprir às reais necessidades do seu consumidor: o povo ilheense.

É preciso repensar o transporte público. Uma mera troca de empresas não resolve os nossos problemas. É preciso discutir e fazer o Estado cumprir um novo modelo de mobilidade urbana que facilite a vida do povo. Este projeto tem que ser construído pela população usuária do transporte público para contemplar suas necessidades e as empresas contratadas devem se adequar às necessidades do povo.

Só mudaremos esse cenário com luta.

E essa luta não se inicia agora, o povo vem historicamente demonstrando sinais de resistência contra os desmandos das empresas em conluio com os governos municipais. Estamos em vias de completar 10 anos do Movimento Reúne Ilhéus que travou uma grande batalha pela melhoria do transporte público, mas não nos esqueçamos que todos os anos as comunidades e distritos afastados do centro realizam manifestações reivindicando melhores condições de transporte.


VAMOS À LUTA!


Pela revogação do aumento da tarifa;

Por mais linhas de ônibus para a cidade e os distritos;

Fim do "motocobra": pela contratação imediata de cobradores;

Pela abertura de pontos de recarga nos bairros;

Nova licitação já: chega de monopólio!


Por um modelo de transporte público que atenda às necessidades do povo!






1 comentario


Invitado
24 abr 2023

Essa prática de abuso com a população Brasileira,no que tange ao transportes coletivos,nossos empresários cada dia mais ricos,frotas com prazo de validade vencidas e as autoridades não tomam as devidas providências, está na hora do Ministério Público atuar em favor do povo.

Me gusta
bottom of page