O PARASITISMO DO GOVERNO MARÃO*

Atualizado: 2 de fev.

Makrisi Angeli


O parasitismo é uma relação ecológica existente entre indivíduos de espécies diferentes. Nessa relação temos o parasita e o hospedeiro, sendo o parasita o organismo que retira do outro ser vivo os nutrientes necessários para sua sobrevivência e o hospedeiro aquele que é parasitado. Como o parasita é dependente do hospedeiro, ele, geralmente, não o mata, mas é responsável por afetar de maneira negativa a vida desse ser vivo.

Foto: Reprodução/TV Santa Cruz.

Assim, nos últimos 5 anos o Governo do Estado vem entregando a Ilhéus o resultado de muito trabalho planejado e descentralizado iniciado em 2007, pós eleição de Jaques Wagner e continuidade com Rui. Serviços e obras que vão desde investimento para asfalto, recuperação de unidades de saúde, até grandes equipamentos como hospitais, pontes e tudo que vem no entorno destes investimentos.

Como um bom parasita, o Prefeito Marão se empenha em absorver como suas essas conquistas e deixa de fazer o dever de casa básico. A cidade está desorganizada, comunidades abandonadas, distritos e povoados esquecidos. Tivemos canteiros de obras espalhados por todos os lados no processo eleitoral e no pós-reeleição, não fosse o Governo do Estado (hospedeiro), nossa cidade estaria em ruína total.

Não cola colocar culpa na pandemia e agora nas chuvas para um diagnóstico claro de falta de compromisso com o que é público, falta de responsabilidade e de honestidade com o erário público.


*Texto publicado em [https://www.coletivomales.com.br/post/o-parasitismo-do-governo-mar%C3%A3o] em 17 de janeiro de 2022.


Makrisi Angeli é Servidor Público do Judiciário e Sindicalista, Militante do Partido dos Trabalhadores (PT) e ex-Vereador de Ilhéus/BA entre 2017-2020.