REVISTA DA ASSEMBLEIA POPULAR DE ILHÉUS - Nº3 - JUN/2022

A edição nº 3 da Revista da Assembleia Popular de Ilhéus tardou, mas não falhou. O conteúdo aqui apresentado é uma compilação das publicações do mês de março em nosso sítio, mês que teve como principal pauta a luta das mulher­es trabalhadoras. Esperamos que as contribuições elencadas nesse trabalho possam dar um retorno na construção do processo dialógico entre os setores organizados da classe trabalhadora e da sociedade civil em geral e principalmente com a parte da classe trabalhadora que se encontra sem perspectivas de organização, vítimas da exploração desumana de sua força de trabalho e da alienação ideológica que a sufoca todos os dias.

Trabalhamos com diligência para que esta edição fosse direcionada para a luta feminista e saímos contentes com a diversidade de escritos: manifestos convocatórios de luta, textos literários, reportagens e análises. Acreditamos que essa variedade de formas e gêneros dá coragem para que todos e todas que tiverem contato com a nossa ferramenta de comunicação se sintam confortáveis para se expressar. A expressão exige a reflexão e a reflexão, no mínimo, eleva a qualidade teórica do debate que precisa ser feito com a sociedade. Optamos por priorizar as escritoras nesta edição, após percebermos que a maioria dos textos recebidos anteriormente vinha de homens. Desejamos que este espaço – ainda pequeno – tenha força para se contrapor à lógica patriarcal em que estamos inseridos que prega que só os homens são capazes de ocupar os espaços políticos.

Por fim, não podemos deixar de agradecer a todas as colaboradoras e colaboradores por confiar neste projeto, ainda em amadurecimento, suscetível a erros de diversas naturezas. Cremos que a construção do socialismo é feita de várias etapas, entre elas a maturação da consciência da classe trabalhadora enquanto classe para si, processo que também se dá por meio da leitura e da escrita.


Sem feminismo, não há socialismo.


Venceremos.


Boa leitura!

Brasil Vermelho


Faça o download da revista aqui: